Foi apresentada, no passado sábado, no auditório da Junta de Freguesia de Lanhas, a Direção Técnica do Centro Social do Vale do Homem – Instituição Particular de Solidariedade Social. A equipa é constituída por Joana Barros, de Ferreiros, que assume o cargo de Diretora Técnica, Rosário Fernandes, da Vila do Pico de Regalados e que será a Técnica de Serviços Sociais e, ainda, Isabel Fernandes Costa, de Lanhas, Encarregada de Serviços Domésticos.

De acordo com o presidente do CSVH, Jorge Pereira, estas nomeações resultam de um “processo de seleção rigoroso que obedeceu a um conjunto de testes escritos e psicotécnicos feitos pela Comissão de Contratação de Colaboradores da instituição e que mereceu o voto por unanimidade da direção”. O dirigente afirmou, ainda, que o Centro Social do Vale do Homem quer ser “a melhor IPSS da região”.

Agora, à Direção Técnica do Centro caberá a missão de contratar 26 colaboradores para o corpo laboral do Centro.

Também no sábado, o CSVH assinou um protocolo com a AEViVer, segundo o qual a IPSS procura envolver as empresas locais na aquisição de equipamento e material para a instituição, bem como em ações de patrocínio para mobilar os quartos que terão, depois, o nome dessas empresas. Por seu turno, o CSVH compromete-se a “apresentar soluções para os familiares dos dirigentes e colaboradores das empresas sob a alçada da AEViVer”.

Município cede terreno para criar horta e espaços verdes

A Câmara Municipal aprovou um contrato-promessa para a constituição do direito de superfície, a favor do Centro Social do Vale do Homem, sobre um terreno que o município possui em Lanhas, contíguo ao local onde está a ser construído o Lar de Idosos.

“A cedência do direito de superfície sobre este terreno por 25 anos a esta IPSS visa viabilizar a instalação de equipamentos, de espaços verdes e de uma horta, para usufruto dos utentes do Centro Social do Vale do Homem que presta serviços de apoio às crianças e de proteção dos cidadãos na velhice e na invalidez”, sustentou em comunicado o presidente da Câmara, António Vilela.

O edifício do lar de idosos com serviço de apoio domiciliário integrado do Centro Social do Vale do Homem, na freguesia de Lanhas, está em fase final de construção e constitui um dos equipamentos sociais que se encontram a ser edificados no concelho de Vila Verde. Além deste, estão a ser construídos o lar de idosos de Escariz, promovido pela Casa do Povo local, o de Valbom S. Pedro, da responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia, e outro, de cariz particular, que está a ser erigido em Aboim da Nóbrega. “O concelho de Vila Verde já possui - e verá alargado em breve - um número muito significativo de equipamentos sociais de grande qualidade, graças ao espírito de iniciativa e ao empreendedorismo das suas instituições que têm sabido aproveitar os financiamentos nacionais e comunitários para melhorar e ampliar as condições de prestação de serviços aos seus utentes, e o Município orgulha-se de manter com as respetivas direções um diálogo permanente e uma postura ativa de colaboração no trabalho realizado no âmbito da rede social concelhia”, defendeu o presidente da Câmara.