A Associação Empresarial de Vila Verde – AEVIVER prepara a celebração de um protocolo com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) com o objectivo de contratualizar formação específica para empregados e desempregados, bem como promover acções que permitam a colocação de estágios e programas-emprego nas empresas associadas do organismo que representa o tecido empresarial local. Em reunião recente com o Director Regional do Instituto do Emprego e Formação Profissional, Dulcídio Mendes, ficaram ainda assentes as bases com o propósito de desenvolver iniciativas conjuntas no concelho de Vila Verde que visem a promoção do emprego e uma maior divulgação das oportunidades existentes.


«Os níveis de desemprego no País, ao qual não escapa Vila Verde, precisam de acção e, sobretudo, de informação sobre as oportunidades que existem para os desempregados e jovens à procura do 1º emprego», assinala o Presidente da AEVIVER, José Morais. Na reunião com o IEFP fez-se acompanhar da vice-presidente, Ana Almeida, que realçou ainda «a necessidade de formar e preparar os desempregados e até os cidadãos activos para os novos desafios do futuro. É ainda muito importante que as empresas e empresários conheçam bem o conjunto de oportunidades e mais-valias na contratação de jovens no 1º emprego e mesmo de desempregados. Em grande parte, falamos de gente formada e qualificada, capaz de gerar novas oportunidades». 

Em paralelo, o vice-presidente da AEVIVER para a área do Comércio e Desenvolvimento Urbano, José Carlos Silva, que também está directamente envolvido na gestão deste processo, destaca que «é importante fazer chegar a informação, lançar formação e preparar dinâmicas no tecido empresarial local capazes de integrar e assimilar esta nova realidade. Temos que (re)agir e a AEVIVER está cá para ajudar, sempre numa atitude de desafio e de acção, escolhendo os melhores parceiros para tornar este caminho ainda mais fácil e profícuo». Aliás, como sublinha aquele responsável, «os comerciantes só têm a ganhar com uma aposta maior na formação e qualificação». 

No decurso da conversa com o Director Regional do IEFP, Dulcídio Mendes mostrou «abertura total» para caminhar em conjunto coma AEVIVER na criação de oportunidades e soluções. Abriu, inclusive, as portas para criar um "núcleo informativo e dinamizador" na zona norte do Concelho, «propício à criação de empresas e empregos». Um projecto que vai começar a ganhar forma nos próximos dias e que poderá concretizar-se até fim do ano, «ou durante o primeiro trimestre de 2015».